Cadastre seu Email

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Segurança estuda terceirizar parte do serviço 153 da Guarda de Campinas


Secretário Luiz Baggio diz que mudança elevará qualidade do atendimento.
Sindicato dos servidores é contrário à mudança e pede reforço em efetivo.

Do G1 Campinas e Região
Comente agora
Guardas durante trabalho de monitoramento na CIMCamp, em Campinas (Foto: Eder Silva)Guardas durante trabalho de monitoramento na
CIMCamp, em Campinas (Foto: Eder Silva)
Campinas (SP) estuda terceirizar parte do atendimento da Guarda Municipal realizado por telefone, conhecido como 153, para tentar melhorar a qualidade do serviço que é alvo de críticas da Comissão de Segurança da Câmara de Veradores e do sindicato que representa os funcionários públicos. O secretário municipal de Segurança, Luiz Augusto Baggio, prevê aumento do número de servidores nas ruas e admite que a estrutura usada por eles, na central que monitora o município por câmeras, precisa de investimentos em tecnologia.

"Não faz sentido ter guardas municipais nesta tarefa de atender às ligações, é uma função de telemarketing e vamos negociar essa mudança com a IMA [empresa que atua na área de tecnologia de informação], que já mudou o sistema do 156 da Prefeitura. A ideia é que este novo profissional, após atender a ligação, gere um protocolo com a supervisão de guardas para que a ocorrência seja atendida", explica Baggio. Segundo ele, com a mudança a secretaria poderia remanejar 16 guardas para outras funções, que exigem treinamentos.

"Em cada turno, são pelo menos quatro guardas na supervisão. Nós estamos modernizando a bancada que despacha os carros para as ocorrências  com um software e, com isso, também precisaremos de metade do grupo, assim como a função de monitoramento. Vamos tentar ver isso até o fim do ano", frisa o titular da pasta. De acordo com a assessoria da Prefeitura, a Guarda recebe, por dia, média de 280 ligações, sendo que 80% delas ocorrem por erro ou solicitações que não competem à corporação. Cada atendimento por telefone leva de três a cinco minutos.

Reforço para a Copa
"Contra a terceirização' x economia
Um dos representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (STMC), Lourivan Valeriano de Souza, critica a proposta da Prefeitura em terceirizar o atendimento 153. Para ele, a pasta de Segurança precisa investir em tecnologias e condições de trabalho para motivar os servidores e elevar a qualidade do serviço.

"Este serviço é como se fosse o cérebro da parte informativa da corporação, o gerenciamento desde uma ligação até as ações nas ruas. A função requer sigilo, comprometimento e a experiência de um guarda para lidar com situações graves", defende.

De acordo com o sindicato, o efetivo deveria ter ao menos 1 mil integrantes e faltam recursos para melhorar a comunicação. "O secretário quer tirar guardas de lá [atendimento] e colocá-los nas ruas, mas nos últimos anos não houve contratações", critica Souza.
Sem previsão de aumento do efetivo da Polícia Militar durante a Copa do Mundo, A Secretaria de Segurança Pública espera reforço de até 100 servidores da Guarda. Segundo ele, as convocações de aprovados em concursos públicos terão início após autorização orçamentária da Prefeitura de Campinas. Atualmente, a corporação tem 692 integrantes, já que houve redução em 2013.
O secretário disse que fez um pedido à PM para que integrantes da corporação não sejam deslocados para a capital paulista durante o Mundial de Futebol, que será realizado entre 12 de junho e 13 de julho. "A expectativa é de que nosso efetivo seja mantido porque seremos uma subsede importante", ressalta Baggio. Na semana passada, a concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Viracopos informou que o terminal receberá o desembarque das delegações da Argélia, Costa do Marfim, Portugal, Rússia e Japão.

Procurada pelo G1, a assessoria da PM informou, sem revelar detalhes, que "o planejamento operacional da Copa do Mundo está em fase final de elaboração." A Polícia Federal confirmou ainda que as delegações da Nigéria, Portugal e Costa do Marfim terão escolta da corporação. As duas primeiras ficam em Campinas. Os marfinenses vão se hospedar em Águas de Lindóia (SP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!