Cadastre seu Email

sábado, 15 de junho de 2013


14/06/2013 às 22h04

Prefeitura de Goiânia realiza panfletagem: conscientização sobre combate à violência contra idoso

DIÁRIO DA MANHÃ
A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), realizou, ontem, na Praça do Bandeirante, uma panfletagem para chamar a atenção do goianiense para o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa – lembrado hoje. O ato público teve como principal objetivo fortalecer o processo de informações sobre os direitos desse segmento populacional e o desenvolvimento de ações efetivas que envolvam a comunidade na prevenção e no enfrentamento da violência praticada contra a pessoa idosa.
Na ocasião, foram distribuídos panfletos informativos aos transeuntes e motoristas sobre a importância de denunciar a violência contra a pessoa idosa. Realização do evento contou com as parcerias do Conselho Municipal do Idoso (Cmasgyn); Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO); Conselho Regional de Psicologia, Guarda Municipal de Goiânia (GMG) e Secretaria Municipal de Trânsito (SMT). A Companhia de Teatro Senhoras do Cerrado – Grupo vinculado à Semas e Universidade Aberta da Terceira Idade da PUC – encenaram peças teatrais, nas quais relataram as agruras da terceira idade.
"A Prefeitura de Goiânia disponibiliza diversos serviços de assistência ao idoso, entre eles, os prestados dentro dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), através dos Grupos de Convivência para os Idosos e os Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), onde são averiguadas as denúncias de violência contra o idoso”, comentou a secretária de Assistência Social, Maristela Alencar. Ela observou ainda que a violência contra a pessoa idosa se mascara e há omissão nas denúncias, pois muitas vezes as vítimas procuram proteger os agressores que, na grande maioria, são familiares ou pessoas bem próximas a elas.
A denúncia pode ser feita por meio do Disque 100 e a pessoa tem a identidade resguardada. O artigo 19 do Estatuto do Idoso estabelece: “Os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos serão objeto de notificação compulsória pelos serviços de saúde públicos e privados à autoridade sanitária, bem como serão obrigatoriamente comunicados por eles a quaisquer dos seguintes órgãos: autoridade policial; Ministério Público; Delegacias do Idoso; Defensoria Pública; Conselhos Municipal, Estadual e Nacional do Idoso”.
Além da secretária Maristela Alencar, também estiveram presentes no ato público, o assessor de Direitos Humanos da Prefeitura de Goiânia, José Eduardo; vereador Anselmo Pereira; professor do curso de Fisioterapia da PUC-GO, Cláudio Lísias; presidente do Conselho de Psicologia, Wadson Arantes Gama, e representante do vereador Tayrone di Martino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!