Cadastre seu Email

domingo, 19 de agosto de 2012

/08/2012 05:38


Motoristas querem guarda em terminaisAgressão de casal contra funcionário idoso da Setransp leva demanda por segurança também ao Situ: VÍDEO agência bom dia

O vídeo da confusão de sábado no Terminal Vila Arens que deixou um idoso de 75 anos ferido foram divulgadas na tarde desta terça-feira pela Transurb. O caso levou muitos profissionais do setor a pedirem medidas de segurança para os terminais de ônibus de Jundiaí.



VEJA O VÍDEO DA AGRESSÃO



O gerente da Transurb, Élcio Donizeti Sofiati, concorda com a avaliação de que a falta de patrulhamento policial nos terminais de Jundiaí contribua para o risco de violência. Segundo ele, a Guarda Municipal cumpre parte desse papel ao ficar pela manhã e no fim da tarde na porta dos terminais.



“Mas isso deveria ser efetivo nas 20 horas de funcionamento de transporte da cidade. Daria mais segurança aos usuários e também a quem trabalha”, diz.



O caso /A confusão aconteceu por volta das 16h30 de sábado, quando o casal acompanhado de duas meninas, uma de três e outra de oito anos, tentou entrar sem pagar a passagem da garota mais velha. O fiscal Agenor Rodrigues negou a entrada da garota, pois apenas crianças até cinco anos não pagam o bilhete (ou idosos com mais de 60 anos). O boletim de ocorrência diz que “ ambas partes vieram a se desentender e se agrediram multuamente.”



A imagens mostram a cozinheira V. N. F., 38 anos, nervosa com a negativa do idoso e começando o bate boca. Em seguida, ele reage com um soco do idoso no marido dela, o técnico de informática J.R, 34. A partir disso Agenor é empurrado e agredido por ambos.



Ele foi levado ao Hospital São Vicente com ferimentos na cabeça, olhos, braços e pernas. Mas passa bem. O casal fugiu depois da agressão mas foi encontrado pela Guarda Municipal, levado ao plantão policial e depois liberado. O casal não foi encontrado nesta terça pelo BOM DIA para comentar a confusão.



12% têm gratuidade

Dos cerca de 130 mil passageiros que usam o transporte urbano de Jundiaí, a Transurb diz que cerca de 12% não precisam pagar a passagem de R$ 3,00. São os maiores de 65 anos, os menores de 5 e os deficientes.



Agressões verbais são comuns

Quem trabalha como fiscal nos terminais do Situ diz que é comum o bate-boca por causa de pessoas que tentam passar a catraca sem pagar. Agressões como a do fim de semana são raras.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!