Cadastre seu Email

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Em greve, guardas de Jacareí protestam contra corte no salário

Dias não trabalhados foram descontados e classificados como falta.
Categoria está em greve desde 14 de dezembro e pede aumento.


Em greve há mais de 40 dias e sem um acordo, a Prefeitura de Jacareí decidiu cortar o salário dos guardas municipais. A medida gerou protesto da categoria na tarde desta quarta-feira (29) na região central da cidade.
De acordo com os grevistas, os dias não trabalhadores foram descontados e na folha de pagamento são discriminados como falta injustificada. O débito dos salários é feito no dia 30, mas os guardas tiveram acesso ao contracheque nesta terça (28).
O sindicato informou que não pretende recuar. "Tivemos uma reunião, mas houve negativa [em negociar] por parte da administração e os guardas não se propõe a encerrar [a greve] enquanto não houver uma resposta positiva, afirmou Noemi Rodrigues, presidente do sindicato.Os guardas municipais reivindicam aumento da referência salarial, seguro de vida custeado pelo governo, que o adicional de risco salte de 20% para 30%, plano de aposentadoria especial com 25 anos de trabalho e a elaboração de uma lei orgânica específica para a guarda. Segundo o Sindicato dos Servidores Municipais de Jacareí, 40% dos 298 funcionários aderiram à greve.
Outro lado
A prefeitura informou, por meio de nota, que o desconto do salário referente os dias não trabalhados é baseada em outras decisões anteriormente aplicadas pela Justiça. Uma delas teria sido dada em 2010 pelo Supremo Tribunal Federal que entendeu que não havendo prestação de serviços, não devem ser pagos os salários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!