Cadastre seu Email

domingo, 6 de outubro de 2013

Vereadora é abordada por guarda municipal durante manifesto
Heloísa Lazarini
 A vereadora Carla Stephanini (PMDB) foi abordada por dois guardas municpais enquanto conversava com o grupo de mães que se reuniram em frente ao CNEC, na avenida Afonso Pena, para reivindicar a criação de um Ceinf (Centro de Educação Infantil) no local. O CNEC está fechado desde janeiro deste ano e em março foi retomado pela prefeitura depois de uma ação judicial.

Ao ser abordada pelo guarda, a vereadora lhe explicou o motivo da reivindicação e solicitou que a escola fosse aberta para que a imprensa e os pais das crianças pudessem ver o prédio. O pedido não foi aceito. No entanto, Carla aproveitou para mostrar aos presentes que a escola, que poderia ser utilizado como um Ceinf, está servindo de estacionamento para os carros da prefeitura. 

Segundo a vereadora, logo após a posse do prédio pela prefeitura, ela fez uma indicação ao executivo municpal para solicitar a transformação do espaço em um Ceinf. "Fizemos a indicação logo que a administração municipal retomou o prédio. Hoje o déficit de vagas em Campo Grande é altíssimo, (cerca de seis mil crianças entre zero e seis anos estão fora dos Ceinfs), apenas na região central são centenas", explica a vereadora. A indicação não foi respondida até hoje. Segundo a vereadora, a Câmara Municipal já enviou oito mil indicações ao prefeito, que respondeu a menos de 5%.

Conforme Carla, existe apenas um Ceinf no centro da Capital, que funciona em uma casa residencial na rua Piratininga. "Esse Ceinf é tímido, acanhado e não consegue ampliar as vagas por estar uma casa residencial", afirma. Segundo a vereadora é importante ressaltar que o acesso à educação é um direito das crianças. "Hoje nossa reivindcação tem dois pontos principais. Primeiro, temos que garantir o direito das crianças à educação e segundo temos que ajudar e dar condições para que o pais que trabalham no centro tenham onde deixar seus filhos", declarou Carla. 

Depois de abordarem a veredora, os guardas muncipais informaram que o secretário muncipal de educação José Chadid estava a caminho para encontrá-la e conversar junto com o grupo de pais que estava no local, no entanto, de acordo com mães que acabaram de sair do local, o secretário não apareceu.
voltar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!