Cadastre seu Email

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Câmara de Taboão da Serra aprova aposentadoria especial para a GCM



-----------------------------------------------  
Em uma noite considerada histórica pelos vereadores de Taboão da Serra, foi aprovado, em regime de urgência e por unanimidade dos votos o projeto 017/2013, que concede aos guardas municipais o direito a aposentadoria especial. A votação aconteceu em uma longa sessão, com muitos discursos e participação dos secretários Gerson de Brito (Segurança), Olívio Nóbrega (Planejamento), Pastor Cândido (Governo), Comandante da GCM Leonel Vieira e guardas municipais, na noite desta terça-feira, dia 17.

“O projeto de lei traz reconhecimento para a Guarda Municipal”, disse o presidente da Câmara, Eduardo Nóbrega. A proposta votada e aprovada determina que tenha direito a aposentadoria especial de forma voluntária, mulheres que comprovem 25 anos de contribuição, dos quais 15 tenham sido dedicados à função na Guarda. Para os homens a determinação são 30 anos de contribuição, sendo 25 no efetivo da GCM. 

Foto: Divulgação

Votação na Câmara Municipal contou com a presença de dezenas de GCMs

O vereador Moreira parabenizou a categoria pela conquista. “Pelo brilhante  papel e atuação [da guarda], esse reconhecimento é necessário”, falou. Ronaldo Onishi também disse que a GCM mereceu o reconhecimento. “Pela grande relevância dos serviços prestados, [essa] é uma premiação pelos 23 anos de excelentes serviços prestados”, disse o vereador. Enquanto o vereador Cido da Yafarna declarou, “essa com certeza, pra mim, e a votação mais importante desse ano”. 

Em seu discurso, o secretário de Segurança Gerson Brito, enalteceu a guarda taboanense “a melhor guarda do Brasil, a guarda de Taboão da Serra”. Falou das recentes perdas da categoria na votação do estatuto elaborado pelo governo passado e aprovado pela Câmara anterior. “A lei tirou vários direitos dos nossos guardas, criaram cargos que só um pode ocupar”, disse.

Brito também falou da atuação da guarda no município como o fechamento de bares após as 23h, a aplicação da lei do Silêncio e atendimento de ocorrências em parceria com as polícias Civil e Militar, entre outras ações. “Não se faz segurança pública sem dar poder para o guarda agir. O resultado é a redução de 54% no índice de homicídios”.

Destacou o projeto das carretas móveis, que em parceria com a secretaria de Educação irá levar aos munícipes, além de segurança, formação técnica em informática, palestras sobre prevenção de droga e o Centro de Gerenciamento de Crises.  

“Dentro de 30 dias será inaugurado o Centro de Gerenciamento de Crise (CGC), com o videomonitoramento. Numa segunda etapa, mais 60 câmeras serão colocadas. Não se faz segurança pública sem inteligência. E junto no CGC haverá um policial militar, o Samu, a Defesa Civil, a GCM e secretária de Trânsito, todos juntos em prol da defesa da sociedade, para uma cidade segura e mais justa”, declarou Brito.

O secretário de Planejamento, autor do projeto original, parabenizou a guarda pela conquista e destacou a boa vontade da Câmara em aprovar o projeto. “Eles [parlamentares] fizeram tudo que podiam aqui hoje”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!