Cadastre seu Email

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Comissão Cívica debate retomada de feriado em aniversário de Piracicaba

Comissão Cívica debate retomada de feriado em aniversário de Piracicaba


Segundo historiador, cidade deixou de ter feriado na data desde os anos 50.
Na manhã desta quinta-feira (1) ocorreu ato cívico na Praça José Bonifácio.

Do G1 Piracicaba e Região

tópicos:
700 pessoas participaram de Ato Cívico em comemoração ao aniversário de Piracicaba (Foto: Justino Lucente/Prefeitura de Piracicaba)700 pessoas participaram de ato cívico nesta quinta-feira (Foto: Justino Lucente/Prefeitura de Piracicaba)
A Comissão Municipal de Eventos Cívicos de Piracicaba (SP) irá solicitar o retorno do feriado na data em que é comemorado o aniversário da cidade, nesta quinta-feira (1º de agosto). De acordo com o historiador Fábio Bragança, o feriado deixou de existir neste dia na década de 50.
Homens do Tiro de Guerra participam de abertura de evento (Foto: Justino Lucente/Prefeitura de Piracicaba)Homens do Tiro de Guerra participam do evento
(Foto: Justino Lucente/Prefeitura de Piracicaba)
“Queremos o retorno do feriado na data magna da cidade. No dia 9 de julho é feriado da Revolução Constitucionalista de 1932 porque é a data mais importante no estado de São Paulo. Nós estamos visando essa comemoração aqui", disse o presidente da Comissão Municipal de Eventos Cívicos de Piracicaba, Marcelo Oliveira.
Para conseguir o retorno do feriado, a comissão pretende se reunir com o prefeito Gabriel Ferrato (PSDB) e com vereadores da cidade. “Acredito que Piracicaba seja o único município do estado que não é feriado no dia do seu aniversário”, relatou.
  •  
Ato na praça
Na manhã desta quinta-feira, em comemoração ao aniversário de Piracicaba, pelo menos 700 pessoas participaram de um ato cívico na Praça José Bonifácio, na área central. O evento foi aberto por homens do Tiro de Guerra e contou com a presença de representantes dos setores Legislativo, Executivo e Judiciário.
Houve apresentação do ator Daniel Valim, que contou toda a história do latifundiário Luiz de Queiroz. O professor Douglas Simões também cantou a música “Noiva em Flor” e o poeta Mario Lopes interpretou a poesia “Piracicaba Querida”.
O evento também foi marcado pela presença da banda da Guarda Municipal, que estava parada há seis meses. "Poderia ter muito mais gente no local, mas, pelo fato de não ser feriado, muitas pessoas não puderam participar do evento. E a gente também poderia fazer uma festa maior com shows, teatro, mas não podemos porque não é feriado", disse Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!