Cadastre seu Email

sábado, 15 de dezembro de 2012


4/12/2012 18h08 - Atualizado em 14/12/2012 18h08

Suspeito de matar guarda municipal é preso em Rio das Ostras, RJ

Luis Paraguai era procurado desde 2011, quando teria cometido o crime.
Na casa a polícia encontrou 23 tabletes de maconha, pistolas e munições.

Carolina Burgosdo G1 Norte Fluminense
Preso suspeito de matar guarda municipal em Rio das Ostras, RJ (Foto: Divulgação)Preso suspeito de matar guarda municipal em
Rio das Ostras, RJ (Foto: Divulgação)
O suspeito de ter matado o guarda municipal José Carlos Curt Werneck em 2011, em Rio das Ostras, na Baixada Litorânea do Rio de Janeiro, foi encontrado e preso nesta sexta-feira (14). Com ele, dois homens e uma mulher também foram levados à 128ª Delegacia de Rio das Ostras, suspeitos de tráfico de drogas.
De acordo com o Serviço Reservado do 32º Batalhão da Polícia Militar (P2), após denúncias anônimas, a polícia foi ao local indicado, a Rua Jasmim, 52. Lá foram recebidos por Monique Silva de Almeida e Genilson Paraguai. Segundo a polícia, os dois teriam confirmado ter ligação com o tráfico. Luis Paulo Paraguai, conhecido como Playboy, também foi encontrado na residência.  Contra ele,existe o mandado de prisão por suspeita de ter sido o responsável pela morte do guarda municipal.
A residência onde os três foram encontrados seria a casa de Genilson Paraguai no muncípio. Segundo o Serviço Reservado do 32º Batalhão da Polícia Militar, Luis Paraguai, é irmão de Genilson e seria da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. Ambos são acusados de tráfico no bairro Âncora, na cidade de Rio das Ostras.
Após revista na casa foram encontrados 23 tabletes de maconha, que corresponde a 40 quilos; duas pistolas calibre 9 milímetros, de uso restrito das forças armadas; duas algemas; R$ 1.405 em espécie. Também foi apreendido um aparelho de dar choque, 45 munições de calibre 9 milímetros; 11 munições calibre 40 e uma munição calibre 45. 
Os três foram encaminhados à 128º Delegacia de Polícia de Rio das Ostras, onde o caso está sendo registrado.   
Relembre o caso do guarda municipal em 2011
O guarda municipal José Carlos Curt Weneck tinha 25 anos na época e estava há seis na Guarda Municipal. Fazia parte da Inspetoria de Planejamento Operacional, que atua em eventos. Ele foi baleado no Centro de Rio das Ostras,  após tentar apartar uma briga. 
O guarda municipal chegou a ser levado ao Pronto Socorro de Rio das Ostras e chegou a passar por cirurgia, mas não resistiu. 
No dia seguinte, guardas municipais de Rio das Ostras fizeram uma manifestação silenciosa para pedir agilidade na prisão do homem que matou o colega de trabalho. 
Para ler mais notícias do G1 Serra, Lagos e Norte, clique em g1.globo.com/intertvrj. Siga também o G1 Serra, Lagos e Norte no Twitter e por RSS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!