Cadastre seu Email

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

SEGURANÇA Notícia da edição impressa de 26/09/2012
Porto Alegre apresenta sistema de vigilância eletrônica
Cristina Duarte
A população que circula pela Praça da Alfândega pôde assistir ontem a uma demonstração do monitoramento eletrônico de um dos pontos mais conhecidos do Centro de Porto Alegre. Um estande foi instalado no meio da praça, onde imagens exatamente iguais às que são exibidas na Central de Monitoramento da Guarda Municipal foram mostradas em telas para o público conhecer a tecnologia que está em funcionamento há uma semana.

Das oito câmeras instaladas em postes e prédios da praça, transmitindo em tempo real 24 horas para a Guarda Municipal, três ficam em constante movimento. Quando o operador, que está na central, observa algum ato suspeito, as câmeras seguem a pessoa. Durante a noite, as câmeras fixas dão o sinal de alerta caso haja alguma movimentação. O sistema pode fazer a aproximação da imagem em até 22 vezes.

“O monitoramento representa para a sociedade uma segurança completa, porque a Guarda Municipal vai monitorar em tempo real”, diz a secretária municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana, Sônia D’Avila.

Os novos equipamentos contaram R$ 180 mil em recursos da prefeitura. A Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre (Procempa) é a responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos. Na Central de Monitoramento da Guarda Municipal, oito operadores se revezam no monitoramento de 41 câmeras instaladas em parques, praças e prédios históricos da Capital.

“No decorrer de um mês, vamos fazer uma medição para ver se situações como a prostituição e o tráfico de drogas diminuíram na praça”, afirma o comandante da Guarda Municipal de Porto Alegre, Eleandro Oliveira de Almeida.

Em uma semana de funcionamento, o cercamento eletrônico da Praça da Alfândega não flagrou nenhuma ação desse tipo, somente a depredação de uma árvore, que ocorreu fora da praça, na avenida Sepúlveda. As imagens das câmeras serão utilizadas para o reconhecimento do infrator.

Em Porto Alegre, 558 guardas municipais fazem o patrulhamento de 485 pontos, armados com revólver e teaser (máquina de choque). No caso de flagrante, os agentes podem dar voz de prisão e fazer o encaminhamento para a Brigada Militar. Neste ano, a Guarda Municipal apreendeu mais de mil pedras de crack no Parque da Harmonia. Há duas semanas, uma pessoa que estava pichando um prédio no Centro da cidade foi abordada. Depois de reagir e tentar fugir, precisou ser imobilizada com teaser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!