Cadastre seu Email

quarta-feira, 2 de maio de 2012


Proposta do governo é motivo de queixaDe paletó e chapéu pretos, o rosto coberto e um cartaz na mão, um policial militar também aproveitou a passeata para reivindicar melhores salários na corporação. “Enquanto Maceió paga R$ 4 mil ao guarda municipal, o Téo canalha paga 1.800 ao policial militar e bombeiro”, dizia o texto que ele exibia aos turistas e para cada motorista que tentava cruzar lentamente a manifestação.
Os policiais civis também repudiaram a política salarial do governo tucano. Em cima do trio elétrico, um membro do sindicato reagiu contra o reajuste de 6,5% anunciado pela equipe de Teotonio Vilela Filho.
“Isso é uma migalha. Não aceitamos este reajuste. Enquanto isso, gestores deste governo somem com R$ 300 milhões que era para comprar alimentação para os presídios”, reclamou a liderança do Sindicato dos Policiais Civis, enquanto um helicóptero a serviço da Secretaria de Defesa Social tentava roubar a cena voando baixo e dando voltas que mais lembravam as acrobacias dos aviões de caça na orla lotada de gente, que aproveitou o feriado para se divertir com a família na praia. CSLeia mais na versão impressa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!