Cadastre seu Email

terça-feira, 9 de maio de 2017

Crivella quer colocar nome de guarda municipal morto na Quinta da Boa Vista em escola do Rio

Danilo Gonçalves dos Santos tentava impedir um assalto quando foi assassinado, na última quinta-feira (4).

Guarda municipal Danilo Gonçalves foi assassinado em São Cristóvão. (Foto: Reprodução)Guarda municipal Danilo Gonçalves foi assassinado em São Cristóvão. (Foto: Reprodução)
Guarda municipal Danilo Gonçalves foi assassinado em São Cristóvão. (Foto: Reprodução)
Danilo Gonçalves dos Santos, Guarda Municipal morto a tiros na Quinta da Boa Vista, na quinta-feira (4), vai ganhar uma homenagem do prefeito Crivella. Em nota, Crivella disse que pretende colocar o nome do guarda em uma escola municipal.
O guarda tentava impedir um assalto quando foi assassinado. Danilo, que era lotado no Grupamento de Cães da Guarda Municipal, passava de moto pelo local a caminho do trabalho. Ele percebeu que dois homens, também em uma motocicleta, tentavam assaltar uma vítima. Segundo testemunhas, o guarda teria sacado uma arma e os assaltantes reagiram.
Crivella ressalta que Danilo pode ser considerado um herói pelo seu ato e que, por isso, merece a homenagem. Inicialmente, o prefeito pensou em dar o nome do guarda ao Grupamento de Treinamento de Cães da Guarda Municipal, mas depois achou melhor dar o nome a uma escola.
Veja nota do prefeito na íntegra:
"Nesses dias difíceis, o Guarda Municipal Danilo nos deixou uma lição imortal do que somos ou devíamos ser. Diante de um assalto, fora do serviço, salvou com a própria vida uma vítima desconhecida num gesto de emocionante coragem.
Essa atitude nobre e rara, que o torna o herói dos nossos dias em meio a tanto desalento, nos revela a verdadeira natureza dos homens de bem da nossa terra, capazes da extrema renúncia da própria vida em defesa do próximo.
Nessa cena dantesca podemos olhar a mão de sangue do assassino e lamentar. Prefiro olhar o guarda Danilo subindo as escadas do Panteon dos Heróis da Pátria e me orgulhar da lição de vida que nos deu. Talvez não sejamos todos chamados por Deus para dar em um segundo a vida pelo nosso próximo, mas certamente somos chamados a dar cada segundo da vida pelo outro.
No velório, a jovem esposa nos disse convicta: "ele faria de novo mesmo sabendo da morte". Mais não se podia dizer em testemunho do caráter desse homem simples que ofertou-se a si mesmo para nos deixar um legado. O menino Carlos Eduardo, 14, e seu irmão Luis Vinicius, 4, estão muito perto das fontes da vida para compreender a morte. Não o terão nunca mais.
O pai amigo, presente e companheiro, exímio adestrador de cães, não os ajudará na lição da escola, a jogar bola, a ver um filme na televisão. Mas sua bravura e exemplo permanecerão para sempre. Pensei em dar seu nome ao Grupamento de Treinamento de Cães da Guarda Municipal, mas acho que ficará melhor em uma escola. O Guarda Danilo é nosso herói e grande professor.


Com sua morte nos ensinou que não somos a violência nem a corrupção. Nós somos o Rio de Janeiro da bravura dos nobres que odeiam a violência e a injustiça e morrem pela causa da Paz."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!