Cadastre seu Email

quinta-feira, 8 de novembro de 2012


Publicado em 07 de Novembro de 2012, ás 14h41min

PM garante aumento de um terço no efetivo em Arapongas

Vinte novos policiais serão encaminhados para o município no ano que vem

TNOnlineCássio Gonçalves, da Tribuna do Norte
  
Credito:  Profeta Major não confirma o número, mas reconhece que o efetivo é defasado. ( Profeta)
O efetivo policial de Arapongas deve ter um acréscimo de 20 homens a partir do ano que vem. A confirmação foi obtida por uma comitiva do Conselho Municipal de Segurança Pública (Conseg), que, na semana passada, esteve em Londrina tratando do assunto com o comando regional da Polícia Militar (PM). Mesmo considerado insuficiente, o reforço deve atenuar um dos principais problemas ligados à segurança no município. Atualmente, segundo apurou a Tribuna, a Guarda Municipal (GM) possui mais homens nas ruas do que a própria polícia.

O aumento do número do efetivo é uma das principais reivindicações em Arapongas, que teve um crescimento populacional de 21,9% nos últimos dez anos, mas não viu esse número compensado em mais policiais. Pelo contrário, a PM vem sofrendo com transferências e aposentadorias sem reposições adequadas. “Neste ano, tivemos cinco baixas por aposentadoria. É um número que parece pequeno, mas para nós é significativo”, considera o major José Luiz de Oliveira, comandante da 7ª Companhia Independente de Arapongas, completando que, desde que assumiu o posto, houve o acréscimo de 11 homens.

A Tribuna apurou que, atualmente, Arapongas conta com 60 PMs, distribuídos entre funções externas e administrativas. O reforço, portanto, representa um acréscimo de um terço.

O major não confirma o número, mas reconhece que o efetivo é defasado. “A cidade cresceu muito e o ingresso desses 20 policiais vai nos deixar respirar um pouco diante das perdas dos últimos três anos”, diz. Segundo ele, a mão-de-obra ajudará a restaurar alguns áreas carentes. “Primeiro, iremos restabelecer o policiamento de trânsito, depois a central e, em seguida, reforçaremos a Rotam e a P2 (Serviço de Inteligência)”, revela.

De acordo com Devanir Estrada, presidente do Conselho de Segurança, a comitiva foi formada por Sérgio Ueda, ex-presidente da entidade, o vice-prefeito eleito, Pedro Paulo Basana, Abdo Tanuri e pelo secretário municipal de Segurança Pública, major Edwayne Arduin. “Conversamos com o coronel Altivir Cieslak (comandante da regional de Londrina) e ele nos garantiu que 20 dos 43 calouros da escola de formação de Rolândia serão destinados a Arapongas”, conta ele, destacando que o prefeito de Rolândia, Johnny Lehmann, confirmou que recebeu a determinação.

A formatura deve ocorrer em março. “Mas, dependendo da situação, eles podem até antecipar. Além disso, alguns desses estudantes já devem estagiar nas ruas de Arapongas ainda neste ano”, informa. Estrada classifica o efetivo local como “hiperdefasado”. “Essa conquista irá apenas atenuar o problema. Hoje, quem ajuda muito a polícia são os 83 Guardas Municipais. Ambas as instituições trabalham em conjunto”, disse.

FORMAÇÃO
Outro fator que deve ajudar a corrigir o baixo efetivo é a sala de aula para a formação de policiais, praticamente já montada na sede da Companhia. “Uma companhia independente deve formar os próprios policiais. A partir do ano que vem, já estaremos aptos a oferecer essa formação”, adianta. Segundo o major, o espaço tem a capacidade de agregar até 40 estudantes. “Esse é o número que a gente imagina, mas a quantidade vai depender da receita do Estado”, explica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários,críticas,sugestão são bem vendas!

SE VOCÊ GM, QUER QUE SEJA PUBLICADO AQUI ALGUMA MATERIA , PODE SER SUA; OU UMA SUGESTAO ,MANDE PRA O MEU E-MAIL- bloggmgo@gmail.com É UMA FORMA DEMOCRATICA DE PARTICIPAREM DO BLOG. QUE É NOSSO E LIVRE!